Modernismo: Paul Klee terá mostra no CCBB em três importantes cidades do país

pintura-a-leo-handmade-paul-klee-paisagem

Em 2019, o Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) apresentará uma exposição de grande importância para o mundo da arte. Contendo mais de cem obras, ela foi intitulada “Paul Klee – Equilíbrio Instável”, de autoria do poeta e pintor suíço-alemão Paul Klee (1879-1940).

A abertura está prevista para o dia 13 de fevereiro do próximo ano, no CCBB de São Paulo. De lá, a produção vai para o Rio de Janeiro em maio e para Belo Horizonte em agosto, onde permanece até novembro.

Paul Klee nasceu em 18 de dezembro de 1879, em Münchenbuchsee, na Suíça, embora fosse de nacionalidade alemã. Na sua juventude, mudou-se para Munique, na Alemanha, cidade que na época tinha um importante significado para o movimento artístico. Como já possuía habilidade com desenho, desenvolveu seu conhecimento em linguagem artística, adquirindo noções do expressionismo, construtivismo, surrealismo e abstração.

O artista começou a se dedicar de fato à pintura após uma viagem à Tunísia em 1914. Surge, a partir de então, a marca característica de sua obra, que era a experimentação com as cores. Outra característica de suas pinturas era a abstração, que consistia, por exemplo, na fração de paisagens em pequenos mosaicos, deixando a impressão de que essas frações iriam se expandir para além da tela.

Com a ascensão do nazismo na Alemanha nos anos de 1930, seu trabalho se tornou alvo de perseguição do regime. Klee teve que fugir e se exilou na Suíça, onde passou os seus últimos anos, vindo a falecer na cidade de Muralto, em 29 de junho de 1940, aos 60 anos.