Mobilizar os comitês contra o golpe: bolsonaristas armados ameaçam estudantes da Unesp de Assis

fg177460

Da redação – Os estudantes da Unesp de Assis, interior de São Paulo, relatam o crescente número de ameaças contra os universitários após a vitória, por meio da fraude, do candidato da extrema-direita, Jair Bolsonaro. De acordo com os alunos do campus, logo após as eleições que ocorreram no domingo, dia 28 de outubro, um grupo de bolsonaristas teria passado em frente à universidade em uma caminhonete, na segunda-feira pela manhã, e ameaçado os estudantes com armas em punho. Assustados, os alunos procuraram a direção do campus e as aulas foram suspensas pelos professores durante os outros dias da semana.

Os estudantes relataram também que estão sendo intimidados por apoiadores de Bolsonaro no trajeto até a universidade. Uma aluna foi ameaçada por um fascista e teve que fugir às pressas até um supermercado próximo ao campus. Os alunos denunciam também as ameaças contra negros, gays e outros estudantes pichadas nos banheiros da universidade.

É preciso reagir imediatamente a ofensiva dos fascistas e organizar um comitê de luta contra o golpe e de auto-defesa no interior do campus, é necessário estabelecer uma mobilização permanente dentro da universidade para impedir o avanço dos grupos fascistas. Para os próximos dias será marcada uma reunião aberta do comitê na Unesp que será divulgada nesse canal de imprensa e em outros canais.