#LiberdadeParaLula
Há uma tendência à mobilização contra o governo que precisa ser estimulada e organizada, os trabalhadores podem e devem derrotar a direita golpista
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
WhatsApp Image 2019-10-27 at 10.42.49
Foto: Diário Causa Operária |

Da redação – A luta contra o golpe tem uma continuidade desde a resistência à campanha golpista pela derrubada de Dilma Rousseff, que começou antes de 2016. De modo que as mobilizações contra Bolsonaro hoje são desdobramentos de toda a resistência anterior. Portanto, há condições para a luta contra o golpe criadas pela própria resistência contínua contra o golpe que dura até hoje. Além disso, há uma ampla rejeição popular ao programa neoliberal da direita golpista. Como em todo o continente, há uma propensão dos trabalhadores a reagir às medidas neoliberais do governo golpista.

Portanto, há uma tendência à mobilização contra o governo Bolsonaro. Essa tendência precisa ser estimulada e organizada em torno de uma política clara e que tenha possibilidade de levar a uma derrota da direita golpista. É por isso que a exigência de liberdade para Lula é tão importante nesse momento. Ela mobiliza em torno de uma política de confronto com o regime político que pode levar a uma derrota da direita.

 

Curitiba hoje

Nesse sentido, hoje está sendo realizado um grande ato nacional pela liberdade de Lula em Curitiba. Milhares de pessoas se dirigiram à capital paranaense para demonstrar seu apoio ao ex-presidente, preso político há 568 dias, condenado sem provas pela Lava Jato. Repetindo e ampliando o ato que aconteceu em 14 de setembro, essa manifestação mostra que é possível fazer uma grande campanha nas ruas em torno dessa reivindicação.

Durante todo o mês, os militantes do PCO se concentraram em fazer uma grande convocação para o ato e em fazer uma campanha financeira para custear as caravanas que hoje levaram milhares de pessoas de todas as partes do país para protestar em Curitiba. É possível mobilizar pela liberdade de Lula, e é necessário fazê-lo na luta contra a direita golpista. A direita organizou o regime político para manter Lula arbitrariamente preso. É preciso romper esse cerco e impor a liberdade do ex-presidente, o que seria uma derrota profunda dos golpistas e colocaria a direita em xeque.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas