Crise em Beirut
Após explosão e protestos por parte da direita, os ministros do meio ambiente e do
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
libanoprotestos
Protestos no Líbano | Foto: Reprodução

Após manifestações no Líbano contrárias ao governo do país, três ministros do Líbano renunciaram a seus cargos. A ministra da informação, Manal Abdel Samad, e o ministro do meio ambiente, Damianos Kattar, renunciaram nesse domingo. Manal havia renunciado na manhã de domingo, enquanto Damianos renunciou no início da noite. Já na manhã desta segunda, Marie-Claude Najm renunciou ao cargo de ministra da justiça.

As manifestações no Líbano culpam o governo por negligência na explosão do porto de Beirut, ocorrido na última semana e que deixou pelo menos 158 pessoas mortas. No entanto, o imperialismo mundial tenta impulsionar os protestos, já que o governo tem o apoio do principal partido político da região, o Hezbollah.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas