Na última sexta-feira, um dia após o STF admitir o habeas corpus de Lula, a defesa do ex-ministro Antônio Palocci entrou com um pedido de habeas corpus. A defesa pediu que o julgamento acontecesse já nesta terça-feira, dia 27.

Hoje, o Ministro golpista Edson Fachin negou pautar o pedido até que o caso de Lula seja julgado. O STF vai julgar o habeas corpus de Lula no dia 4. Caso o pedido seja indeferido, o ex-presidente poe ser preso a qualquer momento.

Send this to a friend