Correios
Fabio Farias em entrevista ao UOL afirmou que governo não vai privatizar a ECB porque dá prejuízo e portanto não haverá interesse dos capitalistas nessa empresa
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
(Brasília - DF, 17/06/2020) Solenidade de Posse do senhor Fábio Faria, Ministro de Estado das Comunicações, e do senhor Marcos Pontes, Ministro de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovações.
Foto: Carolina Antunes /PR
Ministro das Comunicações tem nas mãos uma das estatais mais lucrativas, os Correios | Foto: Carolina Antunes /PR

No dia 28 de setembro o ministro das Comunicações do governo golpista Fábio Farias, genro do Silvio Santos, afirmou que o governo Bolsonaro só privatiza empresa que dá lucro.

Essa afirmação surgiu após o jornalista da UOL (Folha de S.Paulo) perguntar ao ministro se o governo Bolsonaro iria privatizar a EBC (Empresa Brasil de Comunicações), que afirmou de bate pronto de que a empresa não seria privatizada.

Como o próprio Paulo Guedes, ministro da economia do governo golpista já deu várias declarações que o Bolsonaro irá vender tudo no Brasil, o jornalista ficou surpreso e retrucou perguntando o porquê. Fabio Farias, que deve a boa vida de ministro de Estado às boas relações do sogro, deixou transparecer a política dos golpistas, afirmando que a EBC não será privatizada por que não dá lucro. “A EBC, diferentemente dos Correios, é deficitária. Provavelmente, se a gente abrir um processo de privatização da EBC, seria um deserto. É uma empresa que se fosse privada daria mais de R$ 500 milhões de prejuízo”, disse na entrevista do último dia 28.

O ministro golpista das Comunicações mostrou como se dá toda privatização, e não a propaganda enganosa que fazem junto à população dizendo que empresas, como os Correios, estão sendo vendidas porque dão prejuízo.

Durante toda a greve dos Correios, 36 dias, a imprensa, o ministro e governo golpista alardeavam que os Correios não podiam manter os direitos dos trabalhadores a empresa estava com dificuldades financeiras. Mas, a afirmação do ministro mostra o contrário, o governo está enxugando os Correios, que é um patrimônio nacional do povo brasileiro, para entregar nas mãos dos parasitas do mercado postal uma empresa sem dívidas, com a folha de pagamento mais reduzida possível e altamente lucrativa (sem falar de toda infraestrutura e organização logística).

Nesse sentido, a luta contra a privatização dos Correios e outras, como a Eletrobrás e a Telebrás, é parte essencial da luta contra o governo golpista que a promove. Para derrotar de vez a tentativa de liquidar por um preço irrisório o patrimônio do povo brasileiro, é preciso lutar para derrubar Bolsonaro e todos os golpistas do poder.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas