Sem testes, sem UTIs, sem EPIs
Enquanto a ditadura dos generais golpistas esconde os números reais, o povo morre em massa
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
saude
Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil |

Daa redação – O ministro da Saúde, o fascista Nelson Teich, afirmou ainda não saber os motivos da alta taxa de letalidade do novo coronavírus, que se aproxima dos números italianos e ultrapassa os números espanhóis.

Para o coveiros da população, não é possível saber se a maior alta já registrada desde o início da pandemia é por conta de um esforço dos estados para zerar a fila de exames pendentes ou de fato um aumento na propagação do vírus no país.

“Na prática, o que você tem que fazer é acompanhar o dia a dia. Se for uma linha de tendência de aumento, os números nos próximos dias vão aumentar cada vez mais. Daí saberemos que isso não é um esforço pontual [de zerar testes]”, afirmou nesta quinta-feira (23), em entrevista coletiva.

O número de mortes pelo coronavírus no Brasil está aumentando a um ritmo mais acelerado do que o registrado na Espanha, quando o país europeu estava na mesma fase da pandemia, duas semanas atrás.

Mas para o ministro, nada disso tem a ver com o abandono completo da população pela direita, sem UTIs, sem EPIs para os próprios funcionários da saúde que estão morrendo em serviço, ou ainda, que os testes chegaram quando o povo já está morrendo em massa. Nada disso!

A verdade, que qualquer criança consegue ver a olho nu, é: enquanto o governo de generais golpistas esconde os números, em toda Europa é denunciado que, mesmo lá, com testes massivos, o números é o dobro do divulgado na imprensa burguesa. Mesmo na Europa, falta EPI, nos EUA morrem de 1.500 à 4 mil por dia, pois é uma política neoliberal destruir a saúde para matar o povo.

Caso a esquerda não aja, o que nos espera aqui em terras tupiniquins, é um genocídio em massa da população.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas