Ministério Público Eleitoral golpista ameaça cassar mandato de governadora Fátima Bezerra (PT/RN)

Fátima-Bezerra-em-festa-de-aniversário-18-05-18

Da redação – O Ministério Público Eleitoral golpista entrou nesta semana com uma ação em que requer a cassação da diplomada governadora eleita Fátima Bezerra e seu vice, Antenor Roberto. 

A ação foi assinada por quatro procuradores Fernando Rocha, Cibele Benevides, Rodrigo Telles e Victor Mariz, acusando ressalvas na aprovação das contas de Fátima.

Para o MPE, os valores enquadrados no em caráter de graves irregularidades, somam mais de R$ 2 milhões, o que corresponde a 36% dos R$ 5,5 milhões que a campanha movimentou.

Esse ministério é o mesmo que cassou diversas candidaturas, que anulou milhões de títulos, que caçou a candidatura de Lula, assim como o programa eleitoral com o nome do ex-presidente e tantas outras arbitrariedades. É preciso denunciar o avanço do golpe que elegeu de forma fraudulenta Jair Bolsonaro (PSL) como presidente e que mantém Lula preso político passando por cima da Constituição.