Coronavírus
Um levantamento realizado pelo Conselho Nacional de Saúde revela que o Ministério da Saúde deixou de investir R$ 5,6 bilhões em ações de combate ao coronavírus.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
(Brasília - DF, 16/01/2020) Palavras do General de Divisão, Eduardo Pazuello.
Foto: Anderson Riedel/PR
General Pazuello, atual ministro da Saúde do governo Jair Bolsonaro. | Reprodução.

Nesta sexta-feira (27), o Conselho Nacional de Saúde (CNS), instância interna do Sistema Único de Saúde, divulgou que o montante de R$ 5,6 bilhões disponível no orçamento para ações de combate ao coronavírus não foi investido pelo governo federal.

O valor representa cerca de 13% do orçamento que o Ministério da Saúde prevê para o combate à pandemia de R$ 43,7 bilhões.

O general de Exército Pazuelo, atual ministro da Saúde, afirma que os recursos serão usados para reforçar UTIs, cirurgias e tratamentos. Contudo, o general não explicou o por quê de os recursos não terem sido utilizados até o momento, uma vez que a pandemia está fora de controle e centenas de brasileiros morrem e dezenas de milhares são infectados todos os dias.

Em meio à pandemia, o governo Jair Bolsonaro se aproveita para contingenciar recursos da saúde pública em proveito dos bancos. Sua política é a de “deixar morrer quem tiver que morrer”.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas