Ataques à cultura no Brasil
MIMO: festival de Olinda não será em Olinda
Tradicional festival pernambucano não ocorrerá em Olinda este ano.
MIMO olinda
Ataques à cultura no Brasil
MIMO: festival de Olinda não será em Olinda
Tradicional festival pernambucano não ocorrerá em Olinda este ano.
Festival MIMO em Olinda, 2014
MIMO olinda
Festival MIMO em Olinda, 2014

O festival MIMO, um tradicional evento pernambucano, não ocorrerá na cidade de Olinda na sua edição de 2019. A notícia veio dos organizadores do evento, que anunciaram que esse ano ele se dará nas cidades de Rio de Janeiro e São Paulo.

Concebido para ser um festival que mostrasse a música instrumental de diversas partes do mundo, hoje o MIMO já possui eventos relacionado a diversas outras artes como cinema, poesia e teatro. Sua programação sempre foi e continua sendo totalmente gratuita.

Apesar de sempre ter contemplado diversas cidades, como Paraty, João Pessoa, Recife, Tiradentes, Rio de Janeiro e até Amarante, em Portugal, era tradicional que houvesse atrações na cidade de Olinda, onde o festival foi criado.

Na edição de 2019, porém, sob a justificativa da falta de verbas da cidade pernambucana, os organizadores optaram pela mudança de locação, que ainda por cima descaracterizará o festival, que tem uma origem nordestina e se passará apenas em cidades do sudeste.

É muito claro que o que gera essa situação é a política criminosa do governo golpista de cortar cada vez mais o orçamento da área da cultura, da mesma forma que ele vem fazendo com as áreas da saúde e da educação. Essa política teve início no governo Temer, herdeiro direto do golpe de 2016 e se aprofunda agora no governo ilegítimo de extrema-direita de Bolsonaro, que inclusive extinguiu o antigo Ministério da Cultura. É preciso que os artistas e trabalhadores da área se coloquem contra o governo e lutem pelo “Fora Bolsonaro”, pois sob o governo da direita, a cultura e as artes, por representarem a expressão do povo, são totalmente esmagadas.