Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
OsorioMexicano
|

Da redacão – O técnico da selecão mexicana, o colombiano Juan Carlos Osorio, saiu do jogo atirando, inconformado: disse que a arbitragem roubou para o Brasil, que Neymar fez “palhaçada” ao rolar de dor e que “o futebol é um esporte de homens”.

Osorio não aceitou bem a derrota do México por 2 a 0 para o Brasil nas oitavas de final da Copa do Mundo. Ainda no gramado da Arena Samara, o treinador da equipe derrotada detonou Neymar, que recebeu um pisão, sem bola, de Layún, quando estava fora do gramado e no chão, bem no tornozelo que o mundo inteiro sabe que o craque se recupera de cirurgia, sem dó.

E o mexicano não recebeu nem o cartão amarelo.

Apesar disso, o técnico também criticou a arbitragem do italiano Gianluca Rocchi e falou em favorecimento ao Brasil. “Acho que a arbitragem favoreceu totalmente o Brasil. Os atacantes sempre buscaram a falta, ele sempre marcou e protegeu mais o Brasil”, chorou as pitangas.

“É um péssimo exemplo para o mundo do futebol e para todas as crianças que estão acompanhando. Futebol é um esporte forte, esporte de homens. E não deveria perder tanto tempo assim com um jogador só. Foram quatro minutos”, disparou Osorio, parado em algum ponto do passado.

Pense no que pensou dessa declaração misógina dele a nossa Marta e suas colegas de todo o mundo.

 

 

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas