Militares: Mourão quer dar o golpe pelas eleições saindo candidato a presidente

Levy e Mourão

Da redação – O general fascista da reserva, Hamilton Mourão, assíduo defensor da tortura na ditadura militar e a favor da intervenção militar, está articulando o golpe militar com aparência legal através das eleições. Está na imprensa burguesa que o “milico” vai fazer parte de chapa presidencial pelo PRTB nas eleições deste ano, pois já estava sendo cotado para a disputa e agora foi confirmado.

Resta, porém, a manobra principal: se vai sair à presidência ou como vice de Levy Fidélix, que nesta segunda-feira (2), em Salvador, durante evento de lançamento da pré-candidatura de João Henrique ao governo da Bahia declarou: “estamos na caminhada e queremos que General Mourão componha conosco este quadro lá na convenção. Vamos aguardar os fatos, para ver se ele sai na cabeça e eu de vice ou vice versa”, disse Fidelix.

Os golpistas estão lançando candidaturas para retirar votos ao máximo da esquerda, tática utilizada nas eleições de 1989 contra Lula, que hoje é preso político pela Lava-Jato, que, agora, tenta impugnar a candidatura que tem maior apoio pela sociedade trabalhadora brasileira.