Militares assumem o controle dos Correios: contra a intervenção militar, criar comitês de trabalhadores

general jua

Da redação – O atual ministro das comunicações, o golpista Gilberto Kassab, decidiu trocar a chefia da empresa de Correios, já extremamente sucateada pela direita. Kassab decidiu colocar um General, Juarez Aparecido de Paula Cunha, para comandar os correios.

Segundo Kassab, é uma tentativa de melhorar a transição política para o Governo Bolsonaro. Fica claro o aumento da participação dos militares nos pontos chaves da política nacional interna e externa.

Além de diversos ministros militares anunciados por Bolsonaro, a participação de um militar na empresa de correios é um profundo ataques aos trabalhadores, pois vai endurecer os ataques aos trabalhadores da empresa, com privatizações e retirada de direitos, além de exercer uma repressão imensa contra os setores que se mobilizarem contra a política de destruição dos golpistas.

Por isso, é importante desde já retomar os grandes atos nacionais e a mobilização contra os golpistas. Com a palavra de ordem “Fora Bolsonaro e todos os golpistas”, além de exigir a libertação do Lula, que continua preso injustamente nas masmorras de Curitiba. Para isso, os trabalhadores dos Correios precisam formar comitês de luta em todos os seus sindicatos e locais de trabalho.