Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
202305422884881
|

A direita começou uma campanha de terror nas escolas. Uma verdadeira “caça às bruxas” contra os professores, com a finalidade não somente de calar, mas, principalmente, de expulsar os professores de esquerda de todas as instituições de ensino.

O Congresso Nacional promulgou nesta quarta-feira (3/7), uma emenda que faz um acréscimo ao parágrafo do artigo 42 da Constituição (sobre as forças militares dos Estados, Territórios e Distrito Federal), permitindo a dupla função para os militares, policial e professor.

A partir da promulgação, os polícias militares, os bombeiros e demais instituições organizadas militarmente poderão acumular cargos e salários de professores nas escolas, com a única condição que não ocorra choque  de horários.A emenda foi apresentada em 2013 pelo ex-deputado Alberto Fraga (DEM-DF), que é coronel da reserva da Polícia Militar do Distrito Federal.

Essa lei é mais um passo importante na implementação da “escola com fascismo”, pois coloca o próprio agente da repressão nas salas na função de professor.

Não podemos ficar somente na luta parlamentar, para combater e derrotar os ataques da extrema-direita, é preciso ir além. É preciso formar comitês de solidariedade e de luta em todos os sindicatos de professores e também nas próprias instituições de ensino, a fim de realizar um enfrentamento na prática, com mobilizações coletivas nas escolas para demonstrar o apoio aos professores e o repúdio à extrema-direita. E, assim, expulsar os fascistas de todos os estabelecimentos educativos, porque eles são os maiores inimigos da educação.

Além de derrotar essa medida absurda na prática, precisamos ampliar as mobilizações contra esse e outros absurdos promovidos pelos golpistas apoiadores de Jair Bolsonaro e da escola sem partido de esquerda.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas