Militantes do PCO distribuem centenas de jornais Fora Bolsonaro durante ato em Porto Alegre

IMG-20181030-WA0072 (1)

Da redação – Nesta terça-feira, dia 30 de outubro, os militantes do Partido da Causa Operária participaram do ato “vai ter resistência em Porto Alegre. O ato teve concentração na Esquina Democrática, ponto central e de tradicional atividade política da capital gaúcha, e marchou em direção ao Largo Zumbi dos Palmares.

Durante a atividade os militantes da Causa Operária distribuíram centenas de jornais A Luta Contra O Golpe, publicação dos comitês de luta contra o golpe que já se encontra em sua oitava edição e que traz em sua capa as palavras de ordem: Fora Bolsonaro e todos os golpistas, liberdade para Lula e todos os presos políticos, abaixo a fraude eleitoral. O jornal também faz um chamado para a organização de comitês de auto defesa em todos os bairros populares, locais de trabalho, escolas e universidades além de convocar a participação na 2° Conferência Nacional Aberta de Luta Contra o Golpe e a extrema-direita que ocorrerá em 8 e 9 de dezembro na cidade de São Paulo.

A marcha também contou com uma faixa “LIBERDADE PARA LULA” estendida e carregada pelos militantes e simpatizantes do partido que estavam na manifestação. Dezenas de pessoas tiraram fotos junto da faixa e receberam os adesivos Lula Livre, feitos pelo Comitê Suprapartidário Lula Livre do bairro Cidade Baixa, o que demonstra a ampla aceitação da luta pela liberdade de Lula e demais presos políticos do Golpe de Estado.

Os militantes da Causa Operária tem sido a vanguarda da luta contra o Golpe e em todas as manifestações aglutinam um sem número de simpatizantes dispostos a atuar nessa luta, fato que fica expresso na recepção que as pessoas tem dos materiais distribuídos nas atividades. É importante ressaltar que, com o fim das eleições, as mobilizações de rua regulares e permanentes pela derrubada do Golpe de Estado no Brasil devem ser ampliadas e fortalecidas para que a mobilização popular concentre forças suficientes para barrar o avanço da direita e do conjunto dos golpistas no país.

mais de 300 jornais foram distribuídos no ato

faixa liberdade para Lula foi estendida pelos militantes