Secretário miliciano
Secretário de justiça de Minas Gerais faz parte de grupo Segurança no Campo composto por fazendeiros já denunciados por ação ilegal de desocupação em Montes Claros
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
untitled-1
General Mário Araújo- Secretário de Justiça de Minas. Foto : Gazeta norte mineira |

Durante reintegração de posse da Fazenda Norte América, em Capitão Enéas, no norte de Minas Gerais, a empresária Virgínia Tofani Maia conversou com os policiais que acompanham a ação de reintegração de posse e declarou à Repórter Brasil que um grupo chamado Segurança no Campo, composto por cerca de 300 produtores rurais da região, conta com a participação do atual secretário de Justiça e Segurança Pública de Minas Gerais, o general da reserva Mário Lúcio Alves Araújo. “O general Mário Araújo faz parte do nosso grupo. Ele é o interlocutor”, afirma Maia. “Ele é bem jeitoso para ir lá e conversar, ”  dia a empresária.

O grupo Segurança no Campo foi denunciado à Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa de Minas Gerais como sendo uma milícia rural em 2018,  por ação de desocupação sem autorização judicial em Montes Claros na qual o general participou juntamente com fazendeiros da região.

 

 

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas