São Paulo
Manifestação reuniu ativistas de centenas de Comitês da Grande São Paulo e Interior e mostrou disposição de realizar uma grande mobilização, no dia 27, em Curitiba
boneco Lula
Boneco gigante de Lula, no ato desse domingo, na Capital paulista |
Presidente da CUT, Sérgio Nobre, intervém no ato

Em um domingo ensolarado, milhares de pessoas compareceram neste domingo à Avenida Paulista para participar do ato em defesa da liberdade do ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva e da anulação dos criminosos processo da operação lava jato.

A maior parte dos presentes foram mobilizados pelos comitês de luta contra o golpe e pela Liberdade de Lula e Comitês Lula Livre do Estado de São Paulo. Também haviam representações de partidos da esquerda, como do PT (incluindo sua presidenta Gleisi Hoffman e o ex-candidato presidencial substituto de Lula, Fernando Haddad) e do PCO (com uma expressiva coluna com dirigentes, militantes e simpatizantes) e do PSOL (dirigentes e parlamentares), de importantes entidades do movimento de luta dos explorados como a CUT (incluindo o novo presidente nacional da CUT, Sérgio Nobre, e o presidente da CUT-SP, Douglas Izzo) e da Central de Movimentos Populares.

O ato mostrou uma enorme disposição de ampliar a mobilização de rua em favor da liberdade de Lula, diante da crescente compreensão do ativismo de que o ex-presidente não vai ser colocado em liberdade por uma “ato de justiça” do judiciário golpista, mesmo diante da desmoralização total da operação lava jato, aprofundada com os vazamentos dos últimos meses.

A liberdade de Lula só virá como resultado de um poderosa mobilização e, por isso, foi o enorme o apoio recebido no ato à proposta de realizar uma grande ato nacional em Curitiba, no próximo dia 27, no aniversário do ex-presidente Lula, conforme proposto pelo PCO e pelos Comitês de Luta Contra o Golpe e aprovado pela II Plenária Nacional Lula Livre.

No próprio ato foram feitas centenas de inscrições para as caravanas que estão sendo organizadas para ocupar Brasília no dia 27 e que tem programa diversas atividades culturais e políticas em favor da liberdade imediata do ex-presidente e de todos os presos políticos da lava jato, pot meio da anulação dos seus processos fraudulentos.

A liberdade de Lula é também uma alavanca poderosa para impulsionar a luta pelo “Fora Bolsonaro!”, que já ganhou mentes e corações de milhões de brasileiros, revoltados com o governo do presidente ilegítimo.

Por isso é hora de arregaçar as mangas e trabalhar por uma grande mobilização no  dia 27, em Curitiba.

Inscreva-se para participar desta empreitada. Participe das caravanas e ajude a organizar a mobilização no seu local de trabalho, estudo e moradia.
Entre em contato, para se inscrever ou obter maiores informações. Ligue ou envie mensagem por WhatsApp:(11) 98589-7537 (TIM)
(11) 96388-6198 (Vivo)
(11) 97077-2322 (Claro)
(11) 93143-4534 (Oi)

 

Relacionadas