Metrô funcionando
Algumas linhas ficaram fechadas até as 7h30
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
whatsapp-image-2020-07-28-at-06.32.43 (1)
Lotação de passageiros na estação Tucuruvi, da Linha 1-Azul do Metrô de SP | Foto: Bernardo Bortolotto/TV Globo

Os metroviários de São Paulo decidiram, em assembleia extraordinária virtual realizada no início da madrugada desta terça-feira (28), suspender a paralisação marcada para 0h desta terça-feira (28).

Porém, parte das estações amanheceu fechada pois os funcionários do plantão noturno não apareceram para trabalhar às 23h.

O Sindicato dos Metroviários afirmou que o governo do estado apresentou uma nova proposta no final da noite de segunda (27), e assim, a paralisação que havia sido anunciada após cortes de 10% nos salários dos empregados, divulgado na última quinta (24), foi cancelada.

O secretário estadual golpista que queria arrancar o salário doa trabalhadores de Transportes, Alexandre Baldy, lamentou o atraso na abertura das estações e fez críticas ao sindicato.

“Após diálogo, o sindicato realizou nova assembleia encerrando a votação a 1h da manhã e decidiram suspender a greve pelo acordo que realizei com os mesmos através de votação. Um sentimento que percebo no Sindicato de falta de humanidade e responsabilidade com a população”, diz o texto.

É assim que os capitalistas agem. Matam o povo de fome e a culpa da greve é do trabalhador.

Aparentemente, todas as linhas funcionam normalmente desde as 7h30.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Relacionadas