“Arrecadadória” da morte
O povo vive hoje no mais completo abandono pelas políticas públicas, faltam hospitais, médicos, escolas, emprego, renda, etc. e agora ameaçados de morte pela pandemia.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
doria-2
Governador João Dora | Foto: Arquivo/Causa Operária

A partir de 02 de julho de 2020 o governo do Estado de São Paulo, do Bolso Dória, vai aplicar multas que variam de 500 a 5.000 reais pela falta de máscaras de prevenção do coronavírus.

As pessoas que não estiverem usando máscara em locais públicos, ou particulares de uso público, como bares e restaurantes, serão multadas em 500 reais. E para os estabelecimentos comerciais a multa será de 5.000 reais por pessoa sem máscara, e também por falta de placas indicando a obrigatoriedade do uso de máscara.

Estão isentos de multa quem estiver dentro de automóveis particulares, uma vez que já era obrigatório o uso em veículos de táxi, aplicativos  e transportes públicos.

Em matéria do jornal Globo G1 SP, foi dado também o alerta de que além das multas, poderão sofrer punição com pena de 1 a 4 anos de prisão e que a fiscalização será efetuada pela vigilância sanitária que atuará junto da PM em pontos de maior circulação.

Para os desavisados, lembramos que essa medida é completamente ditatorial, imposta com objetivo apenas propagandístico. Visa dar à classe média a impressão de que o governo está fazendo algo em benefício da população. Nada mais falso, uma vez que os governos ditos “científicos” nada fazem para combater ou controlar a pandemia.

Não aumentaram o número de leitos de UTIs, não fizeram isolamento testando os que estavam infectados, apenas uma pequena parcela da população ficou em quarentena, não tem controle de quantos de fato estão contaminados, não adquiriram respiradores, etc.

Agora vem penalizar com multas a população, que é simplesmente vítima do descaso do governo, que não demonstra nenhuma preocupação em evitar esse número de mortes gigantescos. E enquanto isso desemprego, fome e miséria que não se sabe quando irá parar de crescer os números.

E esse desgoverno que destina mais de um trilhão de reais aos bancos e empresas, para o povo apenas 600 reais que poucos até agora tiveram acesso. Até agora não orientou a população qual tipo de máscara funciona e quais não funciona, não foi capaz de fornecer máscaras em número suficiente e gratuitamente para a população. 

Lembrando que 50% da está desempregada e por tanto sem renda, para comer, beber, vestir, pagar aluguel e ter que comprar máscaras que quando é adequada é por duas horas, segundo os especialistas.

O povo vive hoje no mais completo abandono pelas políticas públicas, faltam hospitais, médicos, escolas, emprego, renda, etc. e agora ameaçados de morte pela pandemia. Como já não bastasse as chacinas constantes feitas pela PM nos bairros mais pobres. E enquanto isso procuram salvar as empresas, coitadas de tão pobres que são, precisam de ajuda do governo, o povo nada recebe além de repressão, tiro e fome.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas