Assédio dos patrões
Atrasos de salários, falta de FGTS, demissões sem rescisão e assédio contra os operários que trabalham em péssimas condições de segurança.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
IMG_3674-600x400
Operários em Assembléia | Foto: Sindimetal-PE/CUT

Operários metalúrgicos e dirigentes do Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos de Pernambuco (Sindmetal-PE) realizaram nesta quarta-feira (19) de um ato em defesa dos metalúrgicos terceirizados da empresa Ball Corporation, localizada no Cabo de Santo Agostinho, Região Metropolitana do Recife.

A categoria está denunciando amplamente ao sindicato uma série de ataques à categoria vindas da empresa TR, terceirizada pela BALL, entre as quais, estão: atraso dos pagamentos de salários dos trabalhadores; não depositar o FGTS; falta do pagamento referente às férias; nem sequer as rescisões de contrato de trabalho; além do já conhecido assédio moral dentro dos setores da empresa, onde eles afirmam que trabalham sobre pressão dos gestores e sofrem com as intimidações.

Esses tais gestores tratam com descaso e negligência a segurança dos trabalhadores, demonstrando a verdadeira face do capitalismo em meio a crise mundial. As condições pioram a cada dia mais e as terceirizações, privatizações, vieram para destruir de vez as condições, já baixas, de vida e trabalho dos operários brasileiros.

É preciso que a CUT convoque uma greve geral de todas as categorias e derrube o governo fascistas de Jair Bolsonaro.

 

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas