Menu da Rede

Cuba Márcia Choueri

Apesar de tudo

Mesmo sabotado, Correios teve lucro de R$1,5 bilhão em 2020

O objetivo das privatizações é claro: transferir os lucros das empresas públicas para os monopólios imperialistas

Privatização dos Correios – Foto: Agencia Brasil

A imprensa burguesa tem noticiado que o Balanço Contábil dos Correios apresentou lucro de 1,53 bilhão de reais. O patrimônio líquido subiu para 949,7 milhões em 2020, quase um bilhão de reais. O capital social, no final do ano passado atingiu 3,382 bilhões e integralmente pertencente à União, ao povo brasileiro.

E em março o governo Bolsonaro publicou um decreto presidencial, e entregou pessoalmente no Congresso, incluindo a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT), os Correios, na lista de privatizações com quebra do monopólio estatal e abertura do setor postal à iniciativa privada.

É a lógica do capital, lucrar o máximo possível, e através da política neoliberal entregam o lucro das estatais ao capital privado imperialista. É a prova da subserviência ao imperialismo.

Com a abertura do capital da empresa, pagam aos acionistas os dividendos, repartindo os lucros do estado com os acionistas privados. Como os Correios já montaram toda a infraestrutura das entregas, onde é possível entregar qualquer coisa em todos os lugares do país, as empresas que entrarem no negócio gozarão das vantagens dessa estrutura.

Mas será que as empresas privadas irão manter a tarifa vigente? Os custos para envio de correspondências e mercadorias de um extremo ao outro do país interessa a essas empresas? Ou será cobrada tarifa superior?

Apostamos que vai aumentar a tarifa, é o que sempre ocorre após as privatizações, como no caso da energia elétrica, de telefonia e internet que sofreram uma enorme elevação dos preços. O aumento de preço eleva a receita da empresa, ao mesmo tempo que reduz a capacidade de compra da população.

Ainda em campanha eleitoral o atual presidente golpista afirmou que privatizaria tudo. A ameaça da entrega do patrimônio público paira sobre os Correios,a Petrobras, a Eletrobras, portos, ferrovias como a CBTU, e assim o que é do povo vai sendo transferido para os capitalistas para garantir altos lucros para eles.

Em contrapartida, os trabalhadores são demitidos, perdem os benefícios trabalhistas e previdenciários, perdem as conquistas de décadas de lutas nos acordos coletivos, ficam sem atendimento médico mesmo com a pandemia, tem o salário reduzido em plena crise econômica e da pandemia. Só um lado perde, o outro continua acumulando riquezas em nível cada vez maior.

É preciso acabar com esse jogo de cartas marcadas, onde através do estado burguês, os direitos e renda dos trabalhadores são arrancados brutalmente e transferidos para o capital. Para isso é necessário que os trabalhadores e o povo em geral saiam às ruas e lutem em defesa das empresas públicas, os salários perdidos, a saúde perdida, os empregos perdidos e até mesmo o direito à vida que está em questão com o avanço da pandemia com quase meio milhão de mortes.

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

SitesPrincipais
24h a serviço dos trabalhadores
O jornal da classe operária
Sites Especiais
Blogues
Movimentos
Acabar com a escravidão de fato, não só em palavras
Cultura

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.