Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit

A entidade coxinha Movimento Brasil Livre (MBL) anunciou que pretende organizar um ato no dia do julgamento de Lula para “disputar” a Av. Paulista com a CUT (Central Única dos Trabalhadores), que – junto com a Frente Brasil Popular, que agrupa as maiores organizações de luta dos explorados e da esquerda do País, está convocando uma grande manifestação contra a condenação de Lula e contra o golpe.

O que devemos refletir é que o MBL, nem no seu período mais “popular” – quando contava com apoio público da TV Globo e demais monopólios de comunicação e realizava suas manifestações junto com Aécio, Cunha e Cia -, teria condições de confrontar a CUT  e seus aliados em um ato na capital paulista.  Menos ainda agora, que não consegue mobilizar quase ninguém para seus atos, a exemplo do último protesto organizado pelo grupo, em parceria com o Movimento Vem pra Rua, no dia 26 de março do ano passado, que somou apenas 20 mil pessoas em 62 cidades, segundo os generosos cálculo da Polícia Militar.

Nesse sentido, fica muito claro que essa “disputa” não existe, uma vez que o MBL tem condições de ser politicamente massacrado pelos dezenas de milhares de trabalhadores do campo e da cidade e jovens que sairão às ruas contra a condenação do ex-presidente Lula no dia 24 de janeiro.

Por certo é possível classificar os aliados de Cunha, Aécio, Temer, Alexandre Frota e outros como loucos e mentalmente incapazes, diante da sua completa submissão aos interesses do grande capital internacional que comandou e financiou o golpe – inclusive patrocinando o MBL e outros serviçais – mas é dicdicil crer que sua “loucura” os levará estas “baratas” a quererem enfrentar o gigante enfurecido e revoltado na Av. Paulista. Mais se a demência dos coxinhas chegar a tal ponto, serão poucos até mesmo os que lhes desejaram “boa sorte”.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas