Massacre imperialista: Israel fez 865 bombardeios contra a Palestina em 2018

israel-gaza-child-casualties

Da redação – O regime reacionário do Estado artificial de Israel emitiu 865 bombardeios contra Gaza e a Cisjordânia, territórios palestinos, durante o ano de 2018.

Os números foram revelados pelo exército sionista nessa quarta-feira (02), em um relatório com o balanço dos dados de seus ataques genocidas contra o povo palestino no ano passado.

Foram enviados mais de mil mísseis contra os dois territórios, além de terem sido realizados outros 180 ataques aéreos.

Embora o sistema antimísseis palestino tenha interceptado 250 ataques das forças imperialistas, 45 mísseis caíram em zonas residenciais próximas às fronteiras entre o Estado palestino e o território artificial de Israel, deixando centenas de civis mortos e feridos.

O exército do Estado fantoche de Israel não informou o número de palestinos mortos durante as operações genocidas, mas segundo a Organização para a Libertação da Palestina (OLP) 312 cidadãos palestinos foram assassinados pelos ataques, além de terem deixado uma cifra assustadora de 31.500 feridos. Isso significa um aumento em 200% no número de mortos pelos bombardeios israelenses em relação a 2017.

Além disso, ao menos 225 palestinos foram assassinados pelas tropas de ocupação israelenses durante manifestações contra a presença ilegal dos invasores fantoches do imperialismo norte-americano.