Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
werther-santana
|

Da redação – Os dois jovens responsáveis pelo assassinato de oito pessoas na Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano (SP), na manhã de hoje (13), tinham simpatias pelo nazismo e acreditavam que “bandido bom é bandido morto”.

Esse é o relato de estudantes ouvidos pelo portal Jornalista Livres. Além disso, diz o jornal, Guilherme Monteiro (17 anos) e Luiz Henrique (25) defendiam a pena de morte.

Os dois teriam cometido suicídio logo após o massacre, segundo a versão das autoridades policiais.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas