Internacional
Em acordo firmado nesta quinta-feira, Donald Trump reconhece a soberania do Marrocos sobre a Saara Ocidental em troca da normalização das relações com Israel.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
pjimage-2
Rei Mohammed VI, Donald Trump e Benjamin Netanyahu. | Abir Sultan, Evan Vucci and Moroccan Royal Palace/AP.

Nesta quinta-feira (10), um acordo de normalização das relações diplomáticas foi fechado entre Israel e o Marrocos, com intermediação dos Estados Unidos. Como parte do acordo, o presidente Donald Trump se comprometeu a reconhecer a soberania do Marrocos sobre a Saara Ocidental, ex-colônia espanhola, ocupada pelo Marrocos desde 1975.

Nas últimas cinco décadas, os Estados Unidos seguiram a posição da ONU sobre a questão. O Saara Ocidental era considerado um território “não autônomo”, uma colônia sob administração espanhola. Trump mudou a posição tradicional da diplomacia americana.

Os palestinos consideram o acordo uma traição. O Marrocos é o quarto país a normalizar as relações com Israel nos últimos quatro meses, atrás de Egito, Emirados Árabes Unidos, Bahrein e Sudão.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas