Agressão ao Irã
O Marrocos se junta a Emirados Árabes Unidos, Barein e Sudão na normalização dos laços com Israel. No caso do Marrocos, Israel pisoteia os interesses do povo do Saara Ocidental
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
cover-r4x3w1000-5afa98aa249f3-netanyahu-l-iran-deploie-des-armes-en-syrie-pour-menacer
Benjamin Netanyahu, primeiro-ministro de Israel | Foto: Reprodução

Israel e Marrocos concordaram, nesta quinta-feira (10), em normalizar as relações em um acordo negociado com a ajuda dos Estados Unidos, tornando o Marrocos o quarto país árabe a deixar de lado as hostilidades com Israel nos últimos quatro meses.

O Marrocos se junta a Emirados Árabes Unidos, Barein e Sudão na normalização dos laços com Israel, em um processo impulsionado em parte pelos esforços liderados pelos EUA para apresentar uma frente unida contra o Irã e reduzir a influência regional de Teerã.

Afastando-se de um política de longa data dos EUA, o presidente Donald Trump concordou como parte do acordo em reconhecer a soberania do Marrocos sobre o Saara Ocidental, uma região ocupada militarmente pelo reino árabe norte-africano, onde há violações de direitos humanos e da soberania nacional informa oPortal Terra.

O Saara Ocidental, ex-colônia espanhola, tem uma República no exílio, a RASD – República Árabe Saarauí Democrática, reconhecida por mais de 60 países. Sob a liderança da Frente Polisário, o povo do Saara Ocidental está na expectativa da realização de um referendo, pendente na ONU há cerca de 40 anos, para decidir sobre a descolonização.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas