0 Shares
Santo André- SP- Brasil- 15/08/2016- Ex-presidente Lula e sua esposa Marisa Letícia durante encontro das mulheres e militantes que marca os 10 anos da lei Maria da Penha, na Casa Portugal. Foto: Heinrich Aikawa/ Instituto Lula
|

Da redação – Segundo reportagem divulgada pelo Uol em parceria com The Intercept, novos vazamentos comprovam que integrantes da Lava Jato ironizaram a morte da ex-mulher, falecida, de Lula, Marisa Letícia e o luto do ex-presidente Lula. A ex-primeira-dama morreu por conta de um AVC, causado pela perseguição política realizada pela Lava Jato.

Deltan Dallagnol ironizou o fato de que Marisa teria chegado no hospital “como vegetal”.

As mensagens foram vazadas de chats no Telegram e compartilhadas para o The Intercept.

Além disso, comprovou o medo dos procuradores da Lava Jato em relação à ida de Lula ao enterro de seu irmão Genival Inácio da Silva, Vavá. Os procuradores temiam manifestações em defesa do ex-presidente, já preso nesta época. “Na ocasião, alguns membros da Lava Jato disseram acreditar que a militância simpatizante de Lula pudesse impedir a volta dele à superintendência da PF (Polícia Federal), em Curitiba.” (Uol – 27/08/2019)

 

Relacionadas