Menu da Rede

Censura no cinema

Mario Frias diz que filme no Oscar deve estar alinhado ao governo

O atual secretário da cultura do governo Bolsonaro, buscar censurar filmes que critiquem minimamente a direita.

Tempo de Leitura: < 1

Mario Frias, ex-globo e atual secretário da cultura. – Foto por: Roberto Castro

Publicidade

Mário Frias, atual secretário de cultura do governo Bolsonaro, procurou a Academia Brasileira de Cinema para influenciar na escolha do filme brasileiro indicado ao Oscar 2021. Frias teria procurado o presidente da instituição Jorge Pellegrino e afirmado que “o ocorrido este ano, não poderia se repetir” se referindo ao documentário “Democracia em Vertigem”, afirmando ainda que o filme indicado “deveria estar alinhado com os objetivos do governo federal”.

O “pedido” de Frias mostra mais um traço autoritário do governo Bolsonaro, mas também revela a sua completa ignorância do setor, o filme de Petra Costa foi indicado ao Oscar, na verdade, pela Netflix, produtora do filme, além do fato da Academia Brasileira de Cinema ser uma entidade privada e não estar ligada diretamente ao governo federal.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Populares na Rede
[wpp range="last24h" limit="3"]
NA COTV

Trótski: vida e obra | Curso completo (35ª Universidade de Férias do PCO)

1.4K Visualizações 12/06/2021 18:28

Watch Now

Send this to a friend