Marília Arraes vence dentro do PT em Pernambuco

marília PT

Da redação – Como trabalhado por este diário ontem, 2, a direção do PT (Partido dos Trabalhadores) anunciou um acordo de “não agressão” com o golpista PSB, pelo contrário, fechou alianças em alguns estados que em Pernambuco, a atitude delicada não agradou a base. No fim do dia, surgiu a notícia de que essa base chegou a hostilizar alguns dirigentes por conta da ação aberta de plano B contra Lula e no seu estado de deixar a vereadora Marília Arraes (PT) para fechar com o partido golpista.

A reunião do diretório do PT em Pernambuco se transformou no principal evento político do país, chamou todas as atenções da esquerda nacional e a decisão foi tomada pelo voto dos 251 delegados petistas no Recife, que asseguraram à manutenção da candidatura da vereadora Marília Arraes ao governo do estado.

Só após às 20h40, a votação deixou claro que a base pode pressionar sim as direções e a candidatura da vereadora Marília Arraes resistiu à pressão da cúpula do partido. Porém, ainda não é oficial, pois necessita passar pela Executiva Nacional, que vota hoje, 3, para tentar encerrar o caso.