Ministro se diz “triste”
Ação judicial de deputado petista nega motivação política e diz que afastamento de Bolsonaro “é saúde pública”.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Marcoaurelio
Foto: Arquivo |

Da Redação

O ministro do STF, Marco Aurélio, recebeu a notícia-crime do deputado Reginaldo Lopes (PT-MG) com o pedido de afastamento do presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), e encaminhou a ação à Procuradoria Geral da República.  O rito burocrático, por esse caminho, implicaria na PGR apresentar a denúncia ao STF, depois à Câmara e aí sim, será decidido se um processo de impeachment contra Bolsonaro será ou não instaurado.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas