Manobra golpista: Barroso poderia decidir sozinho futuro de Lula nas eleições

barroso

Ontem, acabou o prazo para que os advogados de Lula apresentassem a defesa da candidatura petista ao TSE. Alvo de mais de 10 questionamentos fraudulentos da direita golpista, a candidatura de Lula será julgada a qualquer momento pelo TSE.

Está marcada para hoje uma sessão extraordinária para julgar se a imagem de Lula poderá ou não aparecer na propaganda do PT na Rádio e na TV. No entanto, como há muita pressão da direita para que a candidatura de Lula seja impugnada logo, é possível que seu caso já seja julgado hoje.

Mesmo se tratando de um tema de grande relevância – isto é, a impugnação da candidatura mais popular destas eleições -, é possível que o registro da candidatura seja julgado por apenas um ministro. Como Roberto Barroso é o relator do caso, ele pode decidir julgar o caso sozinho.

Barroso é o ministro da Rede Globo no TSE. Foi ele quem mais fez propaganda para que Lula fosse preso. Não poderia haver nada menos democrático do que caber a ele decidir se Lula será candidato ou não.

A candidatura de Lula precisa ser defendida nas ruas pelos trabalhadores. Se não for na lei, será na marra. Lula ou nada!