Paraguai
Após Congresso rejeitar impeachment do presidente Mario Abdo Benítez, a revolta contra partido do regime só aumentou

Por: Redação do Diário Causa Operária

Na última quarta-feira (17), o Congresso paraguaio decidiu rejeitar o pedido de impeachment contra o presidente de extrema-direita Mario Abdo Benítez. Seu governo já vinha em crise há muito tempo, sendo que, nas últimas semanas, tem sido alvo de importantes manifestações contra a política da burguesia diante da crise sanitária.

Após a decisão do Congresso, que só fez aumentar ainda mais a insatisfação popular e a polarização no país latino-americano, um atirador que seria ligado à segurança da Assembleia Nacional Republicana, o Partido Colorado paraguaio, teria atirado contra a multidão. O Partido tem a maioria no Congresso e também abriga o presidente Benítez. Em resposta, um grupo incendiou a sede do Partido Colorado.

Send this to a friend