Manifestações no Chile
A manifestações no Chile começaram no dia 18 de outubro para comemorar um ano da explosão social, e nesta terça-feira (20) continuam em várias regiões do país
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Manifestacoes-no-Chile-e1603100838540
Manifestações no Chile. 18/10/2020 | Foto: Reprodução / Getty Images

De acordo com a Prensa Latina, no domingo (18) as manifestações no Chile para comemorar um ano desde a explosão social de 18 de outubro de 2019, terminou com quase 600 pessoas presas e um morto. A concentração popular aconteceu em sua maior parte em Santiago na capital na  Plaza de La Dignidad e foram bem menores no interior do país.

Nesta terça-feira (20) as mobilizações aconteceram em várias cidades do Chile, as principais convocações foram realizadas em cidades como Valparaíso, Concepción, Viña del Mar, Coquimbo e outros. Em Valparaíso mais de mil pessoas marcharam por uma das principais vias da cidade em direção à sede do Congresso Nacional, onde ocorreram confrontos com forças policiais quando alguns manifestantes tentaram remover as grades altas que protegem o prédio.

Em Concepción há relatos de 20 pessoas detidas após confronto com a policia. Nas cidades portuárias teve bloqueio de trânsito e várias barricadas. Outras cidades de onde ocorreram manifestações e confrontos com os policiais foram Valdivia, Temuco, Talcahuano e La Serena, entre outras.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas