Destruição da saúde
Caos e número de mortos aumenta exponencialmente na principal cidade da região norte do Brasil. Enterros são seis vezes maiores que em todo 2020.

Por: Redação do Diário Causa Operária

Nos primeiros dois meses de 2021 o número de mortos já supera em mil o número total de mortos do ano inteiro de 2020. Este ano foram computadas 4.430 mortes até 2 de março, 1.050 a mais que em todo o ano de 2020.

O número de enterros na cidade aumentou mais de seis vezes em 2021.

Em 14 de janeiro, o cemitério Tarumã teve 213 sepultamentos em 24 horas, maior número diário até aqui. A média de mortes hoje é superior a cem.

Send this to a friend