Menu da Rede

Mais uma etapa da perseguição política: STJ nega habeas corpus de Lula

Tempo de Leitura: < 1

Publicidade

Acaba de sair o terceiro voto contra o habeas corpus preventivo pedido pela defesa do ex-presidente Lula. Com isso, a maioria dos ministros do Superior Tribunal de Justiça (STJ) já decidiram pelo indeferimento do pedido da defesa, já que são cinco ministros que irão votar.

O primeiro a votar foi o relator Felix Fischer, que apresentou relatório desfavorável ao habeas corpus. O segundo a votar foi Jorge Mussi, que acompanhou o voto do relator. Por fim, quem votou foi o presidente do STJ, Reynaldo Soares da Fonseca, que também decidiu por negar o pedido da defesa.

O próximo a votar foi o ministro Ribeiro Dantas que seguiu os demais ministros contra o habeas corpus. O último ministro, que também seguiu o relator, foi Joel Ilan Paciornik. Com o resultado de cinco votos a zero contra Lula e a consequente negação do pedido da defesa, fica cada vez mais claro que não adianta confiar nas instituições. 

A decisão não é nenhuma surpresa, apenas segue o caminho do Judiciário golpista contra Lula. É preciso dizer claramente que o que estão fazendo com Lula é um golpe contra a Constituição.

Acompanhe a cobertura ao pela Causa Operária TV:

Populares na Rede
[wpp range="last24h" limit="3"]
NA COTV

A Frente Popular na França, por Rui Costa Pimenta - Universidade Marxista nº 409

101 Visualizações 112 minutos Atrás

Watch Now

Send this to a friend