Massacre na Colômbia
Com este massacre, já seriam 90 massacres registrados na Colômbia nos últimos 12 meses, são assassinatos de dirigentes e assistentes sociais e de signatários da paz
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
indigenas Colombia 2
Assassinato de lideranças sociais e ex-membros das FARC na Colômbia | Foto: Reprodução

De acordo com a Telesur Noticias neste final de semana, pelo menos cinco pessoas, incluindo uma ex-combatente das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia – Exército do Povo (FARC-EP), Roza  Amalia Mendoza Trujillo e sua filha menor, foram assassinadas no departamento de Bolívar, na Colômbia, quando membros de um grupo armado invadiram uma festa de família.

A notícia foi confirmada pelo prefeito de Montecristo (400 quilômetros ao norte de Bogotá), Jairo Hernández Buelvas, que disse que assim que souberam do ocorrido foi convocado um conselho de segurança da autarquia local.

Com Mendoza, e segundo dados da Indepaz, já são 248 signatários do Acordo de Paz de 2016 entre o Estado colombiano e as então FARC-EP, que foram assassinados neste ano que está quase acabando.

Por sua vez, Indepaz assinalou que ocorreram 90 massacres em todo o país, com saldo de 370 pessoas assassinadas. Dos quais três ocorreram no departamento de Bolívar. Com o assassinato desta família neste fim de semana já são quatro, deixando um saldo de 15 pessoas sem vida.

 

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas