O senador Benedito de Lira (PP-AL) foi hostilizado na tarde desta segunda-feira (19) ao chegar no aeroporto Zumbi dos Palmares, localizado na cidade de Rio Largo, região metropolitana da capital alagoana. Manifestantes que realizavam um ato contra a reforma da Previdência e contra o governo golpista de Michel Temer vaiaram o senador igualmente golpista enquanto este se dirigia para a plataforma de embarque, onde pegaria um voo rumo à Brasília.

Em vídeo que circula nas redes sociais pode se ver claramente que, aos gritos de “golpista”, “bandido”, “traidor” e “vagabundo”, o senador visivelmente constrangido tratou de apressar o passo até se ver finalmente livre do assédio dos manifestantes, que em sua maioria portavam bandeiras, camisetas e bonés da CUT (Central Única dos Trabalhadores). Um dos manifestantes indagou o senador como era ser chamado de “golpista” por tanta gente ao mesmo tempo. O senador não respondeu.

Apoiador do golpe, Benedito de Lira foi um dos 61 senadores que votaram favoráveis ao impeachment sem crime de responsabilidade que depôs a então Presidenta Dilma Rousseff. O senador também votou favorável a projetos extremamente impopulares como a chamada “PEC do teto” (que na prática fere de morte os serviços públicos no Brasil) e a perversa reforma trabalhista.