Ditadura colombiana
O signatário e ex-guerrilheiro Manuel Olaya foi assassinado entre os departamentos de Huila e Tolima. Já são 198 ex-combatentes assassinados desde o acordo de paz de 2016
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
farc bandeira
Bandeira do partido Força Alternativa Revolucionária do Comum | Foto: Reprodução

Mais um ex-combatente das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC) foi assassinado no país. Signatário do acordo de paz de 2016, que se mostrou um acordo completamente fajuto, Manuel Olaya foi morto entre os departamentos de Tolima e Huila.

O atual partido das FARC lamentou o ocorrido e lembrou que esse já é o 198º assassinato de ex-guerrilheiros desde 2016.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas