Ponta Grossa
A falta d´água em plena luz do dia será nos bairros populares de Vila Carvalho, Olarias, e outras vilas das imediações. Prejudicadas, as casas com caixa d´água com menos de 500 lts
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
camara
Água em abundância no Brasil. Não nos bairros populares, diz a ONU | Nações Unidas. Agência Senado

O perfil dos habitantes da cidade de Ponta Grossa, nos campos gerais do Paraná, mais afetados pela falta de água são sempre os mesmos. Bairros populares, habitações com caixas d´água de capacidade menores que 500 litros, nos horários de trabalho.

A companhia de abastecimento de água do Paraná, a Sanepar, avisa que, vai faltar água a partir das 9 horas da manhã, a partir desta quinta-feira, 28 de maio, para os bairros populares do Jardim Carvalho e imediações,Santa Lúcia, Jardim Mezzomo, Jardim Aroeiras, Baraúna, Santa Mônica, Aphaville, Tânia Mara e imediações. Também vai faltar água em Olarias,José Antônio Busato, Coronel Cláudio, Elvira Nadman e imediações.

Se servir de consolo, a Cia de abastecimento de água, promete que abastecimento de água deve se normalizar durante a noite. A interrupção no fornecimento de água, se deve ao fato de que a companhia fará a interligação de redes de fornecimento de água.

O motivo da interrupção do fornecimento de água em plena luz do dia, nos horários que mais os moradores de bairros populares demandam da água, pode até explicar a falta. Mas, será que a interrupção do fornecimento desse item básico, em tempo de epidemia, será que a falta d´água não poderia ser em outro horário. De madrugada, por exemplo?

População trabalhadora já padece por falta de testes para diagnóstico do coronavírus. Padece por falta de máscaras e álcool em gel para todos, que o poder público não fornece. Padece também por falta de água, para a higiene mais básica dos que trabalham.

Há tempos que a Sanepar deixou de ser empresa pública para atender a população. Hoje, Sanepar, por sucessivos governos neoliberais, tucanos principalmente, privatizaram parte da Sanepar. Sanepar visa o lucro. Obras realizar em outro horário, que não seja, em plena luz do dia, prejudica a lucratividade da empresa. No capitalismo, a prioridade não é a população. No capitalismo, a prioridade não é salvar vidas. No capitalismo, prioridade é salvar os lucros. Salvar os capitalistas.

Vai faltar água nos bairros de Ponta Grossa. É o descaso do governo estadual. Do governador golpista, bolsonarista, carreirista em todos os tucanos governos. É o descaso no abastecimento de água. Essa política vem sendo promovida a muito tempo. Aprofunda a crise do abastecimento de água, na exata medida em que aprofunda o golpe. A desculpa desta vez, é a pandemia.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas