Os últimos dados levantado pelo PNAD (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio) mostram que no Brasil após o golpe, falta emprego para 26,4 milhões de brasileiros.

A pesquisa também apresentou que 23,6% da população ativa no Brasil estão em subempregos, aonde o trabalhador não tem quase nenhuma garantia ou direito trabalhista.

Os golpistas conseguiram, com sua política de ataques à classe trabalhadora, como a “reforma” trabalhista, colocar na fila dos desempregados, um de cada oito brasileiros.

Ao contrário da propaganda enganosa do governo golpista, publicada nos meios de comunicação da imprensa golpista, como a Rede Globo, o ano de 2018 começou com fechamento de empresas, demissões e quase zero de crescimento econômico.

Só no Rio de Janeiro, em três anos de operação “golpista” da Lava Jato atacando a Petrobrás, e a indústria civil e naval ocasionou a perda de 500 mil postos de emprego, o que vem causando toda crise econômica e social no Estado.

Os golpistas conseguiram mais um recorde, desde que o PNAD foi instituído em 2012, é o maior índice de desemprego apontado pela pesquisa.

Por isso é necessário a derrubada dos golpistas do governo, ou o país estará voltando rapidamente ao mapa dos país da fome.

Send this to a friend