Pagamento indevido
Foi identificado que 9.867 servidores públicos do estado receberam de forma indevida o auxílio emergencial do governo federal, o que custou aos cofres públicos R$ 6,6 milhões.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Lançamento do aplicativo CAIXA|Auxílio Emergencial
Auxílio emergencial foi pago a mais de 9 mil servidores do RN | Foto: Marcello Casal Jr/Agencia Brasil

A partir do cruzamento de dados a Controladoria Geral da União (CGU) e o Tribunal de Contas do Rio Grande do Norte (TCE/RN) identificaram que 9.867 servidores públicos do estado receberam de forma indevida o auxílio emergencial de R$600 do governo federal, o que custou aos cofres públicos R$ 6,6 milhões. O principal critério para o recebimento do benefício é a inexistência de emprego formal, o que já deixaria todos os servidores inelegíveis para receberem o benefício. As informações foram entregues ao Ministério da Cidadania que irá avaliar a suspensão e bloqueio das próximas parcelas e o ressarcimento das parcelas já pagas.

Outro caso recente aconteceu no estado de Goiás, onde 19.016 servidores públicos receberam o auxílio indevidamente, o que custou aos cofres públicos mais de R$13 milhões. Enquanto isso, vários trabalhadores em situação de vulnerabilidade continuam sem o direito de receber o auxílio, mostrando a total falta de critério e organização do governo para com o benefício, onde quem realmente precisa não tem acesso e ficam sujeitos a passarem fome e outros que não estão nos critérios de recebimento conseguem se apropriar do auxílio.

 

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas