Siga o DCO nas redes sociais

Educação
Mais de 700 bolsistas da UFPE estão sem receber
Acontecimento demonstra total descompromisso do governo Bolsonaro com a educação
ufpe
Educação
Mais de 700 bolsistas da UFPE estão sem receber
Acontecimento demonstra total descompromisso do governo Bolsonaro com a educação
Créditos: Paulo Uchôa/LeiaJáImagens/Arquivo
ufpe
Créditos: Paulo Uchôa/LeiaJáImagens/Arquivo

Cerca de 712 bolsistas da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) estão sem receber os repasses do mês de janeiro. Em decorrência disso, a Universidade orientou a suspensão da frequência, compreendendo a dificuldade diante da situação.

Os estudantes atingidos pela falta de repasse prestam assistência acadêmica, auxiliando os servidores da Universidade. 

O responsável pelo repasse nas universidades federais é o Ministério da Educação (MEC), que não deu uma resposta, segundo a Folha de Pernambuco, acerca de uma previsão de pagamento.

O atraso no repasse do governo federal está colocando diversos bolsistas em situação de fragilidade econômica. 

Em entrevista a Folha, a pró-reitora de Gestão de Pessoas e Qualidade de Vida da UFPE, Brunna Carvalho afirmou que o orçamento já estava aprovado, o que falta é o governo repassar os recursos. Para Brunna, o pagamento das bolsas é fundamental para a manutenção dos estudantes: “50% dos nossos estudantes são oriundos da escola pública, daí a gente sabe que eles precisam desse tipo de recurso para se manter no curso”.

Segundo a pró-reitora, outras universidades federais estão sofrendo o mesmo problema. Este é mais um dos ataques do governo fascista de Bolsonaro. Este governo, regido pelos elementos mais primitivos da política, já mostrou que seu programa não é só destruir o ensino público, mas destruir a educação em geral.

Em defesa da educação pública e contra os cortes do MEC golpista, o movimento estudantil deve se mobilizar pelo Fora Bolsonaro, para derrubar este governo que mostrou-se, desde o início, inimigo dos estudantes.