Mais de 70 mortos: EUA bombardeiam província síria e assassina população civil
siria (1)
Mais de 70 mortos: EUA bombardeiam província síria e assassina população civil
siria (1)

Da redação – Um ataque da coalizão genocida dos EUA matou ao menos 70 civis em um campo de refugiados no sudeste da Síria, nesta segunda-feira (11), segundo informações da televisão síria. Como sempre, a coalizão diz que atacou posições terroristas, o que é um pretexto para a guerra na região e que, inclusive, teria terminado após declarações de que o imperialismo estaria se retirando.

Os meios de comunicação, como a televisão Ikhbariya, relataram mais 20 civis mortos na cidade de Baguz e afirmou que muitos dos civis foram queimados vivos em seus carros por causa dos ataques aéreos.
Os EUA, que deveria ter saído da região, souberam que as Forças Democráticas da Síria (FDS) iniciaram uma operação em Baguz para limpar esta cidade dos extremistas, no local onde seria o último bastião do ISIS.

O que deve ser dito aqui é que os EUA financiaram esse grupo extremista, como denunciado por Snowden, e, mesmo a Síria dizendo oficialmente que está indo combatê-los, eles atacam a região e deixam claro as intenções do imperialismo na região: destruir a Síria.