Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit

Segundo informações do PT e da Frente Brasil Popular, quando fechávamos essa edição, mais de 300 delegações já estavam confirmadas para o grande ato em Porto Alegre contra a condenação de Lula, no dia 24.

Caravanas de várias cidades da região sul e de quase todo o País estão indo a Porto Alegre. O ato também contará com a presença de delegações internacionais e atos de apoio a Lula estão previstos na Espanha, Alemanha, Estados Unidos, Suíça e França.

Estão programados atos pelas capitais dos estados no dia 24, o principal deles em São Paulo, na avenida Paulista, com a presença de Lula, que deve reunir dezenas de milhares de pessoas.

A mobilização em torno a esses atos é enorme e de certa forma há uma espontaneidade. Muitos militantes estão decididos a ir a Porto Alegre, independente da decisão das organizações sobre organizar ou não a ida ao ato.

A burguesia sabe da tendência não só de que o ato seja enorme como de que seja radicalizado. A direita teme que a situação possa sair do controle caso se confirme a condenação de Lula. Dependendo da reação, o ato pode inclusive significar uma virada na situação política e uma derrota para os golpistas e seus planos.

Por isso, é preciso aumentar ainda mais, na reta final, a mobilização para Porto Alegre, organizar as caravanas e a partir desse ato continuar nas ruas contra o golpe. Mais ainda, reforçar e aumentar os comitês de luta contra o golpe.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas