Fraude
Milhares de servidores públicos empregados do município e do estado estão recebendo o auxílio emergencial de R$600,00 destinados à população pobre.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
aux emergencial
Aplicativo auxílio emergencial | Foto: Reprodução
Investigação para verificar recebimentos irregulares do chamado auxílio emergencial destinado à população mais pobre do país identificou que no Ceará milhares de servidores públicos empregados do município e do estado estão recebendo o auxílio emergencial de R$600,00. Estes servidores por terem um emprego formal não deveriam ser contemplados pelo auxílio, que se destina sobretudo aqueles que não possuem renda para ultrapassar o grave momento vivenciado devido à intensificação da crise capitalista pela pandemia do novo coronavírus.
Ao mesmo tempo em que isso acontece, milhões de pessoas pobres no país, que realmente necessitam do auxílio sequer conseguem requerer o benefício ou tem o seu pedido negado. O que deixa evidente a falta de preocupação por parte da burguesia com a população mais vulnerável do país que está morrendo aos milhares por conta do coronavírus enquanto a classe média toma deles o pouco que lhes é destinado.
Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas