Protestos foram reprimidos
Comandante da polícia admite que a PM tem tentado acabar com as manifestações. Trabalhadores relataram forte repressão
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
capturar2
Protestos no Amapá | Foto: Reprodução

Moradores do Amapá têm saído às ruas para protestar contra a falta de energia que vem atingindo o estado há dias. Segundo o G1, foram pelo menos 22 protestos que ocorreram no estado. A polícia tem reprimido os manifestantes, chegando a atirar com bala de borracha para liberar vias fechadas com barricadas.

Os manifestantes têm dito que a repressão policial tem sido muito intensa. Segundo um comandante da PM em entrevista ao G1, a PM tem tentado manter o “direito de ir e vir” e por isso tem feito a repressão, como se o tal direito fosse de alguém que não a própria população que está ali se manifestando.

O mesmo comandante admitiu que tem tentado acabar com as manifestações antes que elas ocorram: “Vamos estar atuando nos levantamentos dos principais pontos onde terá manifestação e tentar debelar antes que a coisa ocorra”.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas