Mais uma vez fica evidente que não se deve confiar, e que se deve mesmo desconfiar, das pesquisas realizadas encomendas pela burguesia e realizadas por órgãos controlados pela direita uque têm claros interesses nos resultados divulgados.

Uma pesquisa recente, feita em uma parceria entre a CUT e o Instituto Vox Populi, é um desses exemplos que contrariam a maioria das pesquisas de opinião feitas sob medida para os direitistas.

Dados da pesquisa mostram  que a maioria da população brasileira, mesmo sendo bombardeada diariamente pelos diversos veículos da imprensa golpista, percebe que a condenação de Lula não possui nenhuma base jurídica, sendo motivada por questões políticas.

Um total de 56% dos entrevistada afirmam que o julgamento e a condenação de Lula foram políticos.

A pesquisa não para por aí. 46% da população percebe que a balança do Sérgio Mussolini de Maringá Moro possui dois pesos e duas medidas, e que trata Lula de uma forma diferente da que trata políticos comprovadamente corruptos, como é o caso dos golpistas Temer e Aécio Neves.

Toda essa farsa política, encoberta por uma capa jurídica, já é visível a olhos nus para um enorme setor da população.

Send this to a friend