Siga o DCO nas redes sociais

Maia supostamente vai desistir da reforma da Previdência

Sem os 308 votos necessários na Câmara para aprovar o verdadeiro roubo que seria a famigerada reforma da Previdência, tão propagandeada pelo governo Temer, Rodrigo Maia já prepara o discurso para supostamente engavetar a proposta.

O anúncio oficial de desistência deverá ser feito pelo presidente da Câmara no dia 28, data limite prevista para a votação no plenário.

A reforma é uma clara exigência do imperialismo aos golpistas, mas por conta de impopularidade extrema atingida pelo governo Temer e todas as suas medidas até então, eles não irão conseguir passar a proposta nesse momento.

O fato de 2018 ser ano eleitoral também dificultou ainda mais o “aliciamento” de políticos pelo governo golpista, uma vez que muitos deles dependem de votos de setores populares para serem eleitos. A matéria chegou até ser citada como “suicídio político” por alguns desses parlamentares.

Entretanto, os golpistas continuam investindo em publicidade para enganar o povo em relação a este problema da Previdência, para tentar, nas eleições, pautar esta reforma para que um eventual governo direitista aplique, sem tantas dificuldades, mais esta maldade no bolso do povo brasileiro. A atitude de Maia, na verdade, é um blefe momentâneo. Acabar com a Previdência é um dos principais objetivos do golpe.