Política
Rodrigo Maia disse em entrevista ao Estado de São Paulo que “lutará contra” qualquer tentativa do governo de burlar o teto de gastos imposto durante governo Temer
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
O ministro da Economia, Paulo Guedes, se reúne com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia no Ministério da Economia.
Maia | Foto: Reprodução

Rodrigo Maia disse que “lutará contra” qualquer futura tentativa do governo de burlar o teto dos gastos públicos imposto durante o governo Temer. Segundo o presidente da Câmara, o governo tem esse ano a possibilidade de gastar mais por conta da “PEC do orçamento de guerra”, que liberou verbas durante o ano por conta da pandemia.

O teto dos gastos públicos foi implementado durante o governo Temer e limitou os gastos do país por 20 anos, causando cortes em áreas como a da educação e da saúde. Apesar de Maia não se contrapõe a Bolsonaro em praticamente nada no que diz respeito ao genocídio causado pelo governo federal, mas, caso Bolsonaro decida gastar mais, o que vai contra as prerrogativas neoliberais, Maia diz que se colocará contrario ao governo.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas