Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit

Na quarta-feira (28), o presidente venezuelano Nicolás Maduro decidiu lançar oficialmente sua candidatura presidencial. Em sua página no facebook, o presidente chavista declarou: “juro por toda a história da nossa pátria que não darei descanso à minha alma até ver coroada a vitória do povo. Entreguei as formalidades da minha candidatura a presidência do bloco de forças revolucionárias patrióticas”.

As eleições foram convocadas pela Assembléia Nacional Constituinte e serão realizadas no dia 22 de Abril. A oposição pró-imperialista, com medo de deixar explícita mais uma derrota e sabendo que irá perder, decidiram boicotar as eleições – chamando-as de anti-democráticas.

A posição de Maduro revela que o nacionalismo venezuelano permanece em uma política de enfrentamento com o imperialismo no momento que este último está fortalecendo sua ofensiva nos países da América Latina.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas